Sale!

Monkey Jhayam – Afrochoque | Monkey Jhayam & Afrocidade – 2020 Volts

R$70,00

“Música Consciente” é o lema que aparece na logomarca de Monkey Jhayam, que foi nascido e criado na Zona Leste de São Paulo. O cantor e compositor está na ativa desde 2008 com esse nome, se movimentando no cenário independente com destaque na desenvoltura em suas performances ao vivo e por suas letras com forte cunho político-social, direcionando os ouvintes para novas formas de expressão da consciência. As ruas são o pano de fundo de sua escola musical, baseada na cultura sound system e na música jamaicana, além de vertentes musicais de toda a diáspora africana em metrópoles ao redor do mundo, antes passando pelo punk rock e até hoje mantendo viva a energia do-it-yourself (faça você mesmo). + Info.: https://linktr.ee/monkeyjhayam

Em 2019, Monkey Jhayam produziu um novo show explorando os gêneros musicais que influenciaram o seu trabalho, como: afrobeat, afrorock, dancehall, guetto tech e latinidades. O resultado desse trabalho foram os singles “Afrochoque” e “2020 Volts”, lançados nas plataformas digitais em setembro e novembro de 2020, respectivamente.

No Lado A do compacto temos “Afrochoque”, que se trata de uma música de sonoridade glocal. É o choque da música da diáspora urbana se fundindo com o local e espaço físico criando a “Urban Music”. O próprio artista complementa: “Na Angola, o kuduru; na Nigéria, o afrobeat; na República Dominicana, o denbow; na Jamaica o dancehall; no Brasil, o funk. ‘Afrochoque’ une todos esses estilos como uma pangéia musical. É a diáspora africana se reunindo, se reencontrando, se levantando e expressando a sua voz”. Para chegar nesta sonoridade ímpar, o cantor e compositor se uniu aos produtores Dudu Marote e DJ B8. A música contou com um videoclipe marcante, confira em http://bit.ly/afrochoque .

Já no Lado AA, energia é pouco para esse feat. É 2020 Volts! O pagodão baiano do Afrocidade vai ao encontro ao ghettotech, rock, global bass e ao discurso político e social de Monkey Jhayam. Quem faz a cama sonora para os versos conscientes do símio é o DJ B8 e o poderoso Afrocidade. Bang! A letra denuncia a onda de informações falsas que se espalham facilmente através de mensagens via celular, manipulação de dados e todo o fluxo de rede coletado por empresas mal intencionadas que visam controlar a massa. A denúncia desse time é festiva. O som é a trilha sonora perfeita para um Carnaval político ou uma roda de pogo afropunk. Denúncia essa que retrata o infeliz momento do Brasil: desde o discurso fascista do poder executivo, passando pela destruição sem precedentes do meio ambiente até o genocídio nas quebradas e o descaso com a saúde e com a ciência. Confira o ótimo videoclipe do single: http://bit.ly/2020Volts-Video

Em uma parceria Manga Rosa, Fatiado Discos, Marafo Records e Vinyl Land, os dois singles de Monkey Jhayam são prensados em um disco de vinil 7″ em uma edição especial colorida (roxo), contando com capa com arte criada pelo artista mineiro Shiron The Iron.

39 in stock



Share
Additional information
Weight 0,2 kg
Dimensions 2 × 22 × 27 cm